Interpretações e suas variáveis incógnitas

De um tempo para cá o mundo passou a discutir diversas causas e reviveu outras tantas. Parece que precisamos de algumas para dar sentido e cumprir um dos desafios da vida: aprender para melhorar.

A intenção aqui não é entrar no mérito dessa ou daquela causa, e sim refletir a respeito do pseudo engajamento das pessoas, suas reações espontâneas e acaloradas, tendo interpretação imediatista e viciada.

A nossa adorável e sofrida Língua Portuguesa traz consigo grande riqueza de detalhes, composições das mais sofisticadas, exigindo certo esforço para que seu uso seja correto. Talvez por isso, dê margens a “inovações” interessantes e até bem toscas, diga-se de passagem. Outra característica é a variação de sentido que uma frase ou palavra podem ter de acordo com o contexto e pontuação aplicada. Já ri muito com exemplos de frases que, mudando vírgulas de lugar dão sentido completamente diferente do original.

Pois bem, esse texto não é uma discussão linguística, mas claro, devemos considerar nosso idioma, entendê-lo e estudá-lo para que a comunicação seja o mais agradável e construtiva possível. Durante uma das minhas distrações na internet (ler comentários… adoro rsrs), percebi que, de algum modo, as pessoas interpretam da maneira que bem entendem qualquer comentário a respeito de um determinado assunto. Vejo pouca vontade em tentar entender o outro e o que o levou a expressar tal visão, e não estou falando de pessoas desconhecidas apenas, vejo muitas discussões acaloradas entre amigos. Curioso observar como as pessoas discutem sozinhas, se tirar o interlocutor e colocar um espelho é capaz de passar horas ali lançando verdades prontas e crenças compradas sem perceber que está falando com ela mesma.

Alguns termos e expressões carregam interpretações imutáveis e ficam marcadas para a eternidade, como resultado de vícios de linguagem e práticas distorcidas do nosso idioma.

Trabalho com comunicação nas redes sociais, interpretação é parte importante do meu cotidiano, exercitar a empatia faz parte das técnicas básicas. Somos seres criativos, me surpreendo com o raciocínio e interpretações das pessoas e com as minhas também quase todos os dias.

Podemos ser melhores, estamos aqui para isso… Não me interpretem mal =)